A raça Dragão da web novel brasileira Ascensão de um Deus

A raça Dragão da web novel brasileira Ascensão de um Deus

Aclamados como os Reis das Feras Mágicas, conhecidos por, não só grande poder, mas pela sabedoria transcendental. A raça Dragão de Ascensão de um Deus.

Memórias Sanguinas da raça Dragão

Dragões, ao contrário das outras Feras, nascem já com uma Consciência, tendo noção de sua existência.

Eles tem algo chamado de Memórias Sanguinas. É algo simples. Quando uma fêmea da raça Dragão fica grávida, ela passa através de seu sangue as memórias e o conhecimento da raça draconiana. Sendo assim, desde cedo, o filhote já tem uma sabedoria muito além da mundana.

Tipos de Dragões

Os Dragões são divididos em vários tipos. Por exemplo: existem aqueles que dominem o Fogo, outros a Água, Terra, Raios, Vento, Luz e diversos outros Atributos ou Qis.

Todavia, eles tem uma particularidade, que é a capacidade de dominar as Cinco Transformações da Natureza. Qualquer Dragão de Sangue Puro tem essa capacidade. Mas a força de seu domínio sobre os Elementos, dependerá do quão pura é sua linhagem e de seu atributo específico.

Um Deus Dragão do Fogo é um ser com a Linhagem mais Pura, ele é um verdadeiro Dragão. Consequentemente, ele pode dominar a Terra, Metal, Madeira e Água, mas a sua maior força ainda será o Fogo.

Porém, existe um Dragão em específico que é o único capaz de dominar as Cinco Transformações da Natureza para o ápice. Ele é conhecido como o Deus dos Dragões, também chamado de Rei dos Deuses Dragões. Ele tem esse título pois, é o único a possuir uma Habilidade de Cultivo específica, que o permite cultivar todas as Transformações em perfeita harmonia.

Ele também é conhecido como o Líder dos Doze Pilares da Existência. Aqueles que tem como papel proteger a vida em todos os Reinos Dimensionais. São eles que tem não só a força, mas o dever de manter o Equilíbrio Existencial.

Na Primeira Guerra Existencial, foi ele que conseguiu convencer o Deus Demônio a recuar e aceitar o acordo.

Seres além da imaginação

É inegável que os Dragões são seres além da imaginação, alguns são tão pequenos quanto um grão de areia, outros são tão grandes quanto galáxias. A presença de um Dragão exige respeito, eles são a mais poderosas das Raças, os Seres mais Santos. Sem dúvida alguma, os Dragões são o ápice da Vida, donos da mais profunda sabedoria, os únicos que conhecem os segredos da Existência.

Apesar disso, a morte ainda é implacável. Nos milhares de anos que se passaram, houveram algumas dezenas de Deus dos Dragões, mas nunca existiu dois ao mesmo tempo. Com a morte de um, outro nasce e assim por diante.

Também tem um fato estranho, ninguém sabe como os Dragões nasceram, de onde eles vieram e o porque de serem tão especiais. Nascer sabendo de tudo? Força suprema? Santidade? Ninguém consegue explicar.

Além disso, existem boatos da existência de Dragões Demoníacos e até mesmo Deuses Dragões Demoníacos, algo que destoaria completamente da realidade e da premissa inicial do que é um Dragão.

Porém, isso é algo que ainda necessita ser visto.

Dragões! A raça mais poderosa, mais conhecida, mas ao mesmo tempo uma incógnita, um quebra-cabeças indecifrável, uma incerteza agoniante e um poder a ser respeitado!

Não pare por aqui! Comente e em seguida, continue sua jornada em busca de conhecimento sobre a Ascensão de um Deus!

Profissional de Marketing, viciada em séries e uma nova leitora da novel Against the Gods.