A lenda que deu origem a Besta Primordial Corvo Dourado de Against the Gods

Lenda do Corvo Dourado

Lembra do corvo arrogante e inflexível de Against The Gods? O famoso Corvo dourado? Como esquecer, não é mesmo? Todo mundo tem seu passado e com ele não seria diferente. E se você achou que a gente não iria deixar as orelhas, ou melhor, as penas dele queimando, você se enganou. Porque hoje, eu irei falar um pouco sobre esse corvo marrento, mas que merece ser lembrado por ter um grande papel em ATG.

O Corvo Dourado em Against The Gods

O Corvo Dourado de Against The Gods, é menina. Um ser divino extremo, nascido do núcleo do sol. Suas chamas são escaldantes e violentas como o sol, e não há outro uso além de destruição. É dito que no universo não há nada que o fogo do Corvo Dourado não possa queimar.

Mesmo o Corvo Dourado não sendo uma besta maléfica, suas emoções são tão violentas quanto suas chamas. Sua personalidade é extremamente irritada, desdenhosa e inflexível.

“Não é à toa que o fraco cheiro da Fênix se mantinha vindo do Norte, realmente não era uma ilusão!” Corvo Dourado

De personalidade arrogante, não gosta de coexistir com as outras Três Bestas Supremas de Fogo, em especial a Fênix.

O corvo Dourado na Cultura e Mitologia Chinesa

Na Cultura e na Mitologia Chinesa, o Corvo Dourado se chama sanzuwu, mas também é conhecido como “Pássaro do Sol” e “Corvo de três pernas”, e está presente em vários mitos.

De acordo com o folclore chinês, havia originalmente dez corvos do sol que se estabeleceram em 10 sóis separados. Empoleiraram- se em uma árvore de amora vermelha chamada Fusang, literalmente significando “a árvore de amoreira inclinada”, no Oriente ao pé do Vale do Sol. Dizia-se que esta amoreira tinha muitas bocas se abrindo de seus galhos. Cada dia, um dos corvos solares seria escalado para viajar ao redor do mundo em uma carruagem , conduzida por Xihe a “mãe” dos sóis.

Assim que um corvo de sol retornava, outro se apresentaria em sua jornada cruzando o céu. De acordo com Shanhaijing , os corvos do sol adoravam comer dois tipos de gramíneas míticas de imortalidade, um chamado de Diri ou “sol terra”, e o outro o Chunsheng. Os corvos do sol, muitas vezes, desciam do céu para a terra e se deleitavam nestas ervas, mas Xihe não gostou disto, assim ela cobriu os seus olhos para impedi-los de fazer isso. O folclore também sustentou que, por volta de 2170 a.c, todos os dez corvos do sol saíram no mesmo dia, fazendo o mundo queimar. Porém, Houyi o arqueiro celestial salvou o dia derrubando todos, menos um dos corvos do sol.

Há também uma derivação oriental interessante, que é aquela em que um corvo de três pernas aparece dentro de um disco solar. As três pernas correspondem ao trípode – símbolo solar: auroro/sol nascente, zênito/sol do meio-dia e ocaso/sol poente. E assim aparece como emblema imperial chinês, significando a vida e a atividade do imperador.

Quem diria que o Corvo Dourado tinha tanta história para contar. Você já conhecia alguma dessas lendas?

Profissional de Marketing, viciada em séries e uma nova leitora da novel Against the Gods.
  • Arthur Queiroz

    Eu me lembro muito bem dessa história, em uma Novel chamada True Martial World, o protagonista tem o poder dessa Besta Mitológica, Corvo Dourado de Três Pernas.

  • Augusto Montauriol

    smepre me perguntei da historia do corvo dourado hahaha assim como me pergunto se o dragão azure ta ligado a terceira besta de fogo xD

  • Ismael Elias

    Essa lenda é contada em Desolate Era. Acontece quase da mesma forma. Houyi matando a maioria dos Corvos e poupando um porque algum personagem da história pede (não lembro quem.)

  • Pingback: As imperadoras de Against the Gods()

  • Joao Carlos

    essa lenda aparece em outras novels também. A do pássaro vermellion e a fênix eu sabia, mas dessa nem vazia ideia.
    Eu achava que o Lobo do Céu seria algo a ver com Fenrir, provavelmente deve ser outra lenda.

  • Pingback: O Corvo Dourado de Against the Gods()